contact@aopi.org Thursday - December 14,2017

Quotas à importação em Angola entram em vigor a 1 de Julho


Quotas à importação em Angola entram em vigor a 1 de Julho

A imposição de quotas à importação de bebidas decretada pelo governo de Angola deverá entrar em vigor durante o segundo semestre do ano, informou segunda-feira em Luanda um representante da Associação das Indústrias de Bebidas de Angola.

Joaquim Tandala adiantou ter a associação recebido a garantia de que a aplicação de quotas, previsto para Março último, entrará em vigor dia 1 de Julho e sublinhou o facto de ser necessário alguma prudência “atendendo a que se trata de uma medida nova.”

“Nunca houve uma quota de importação, é uma coisa nova, sendo necessário algum cuidado por parte do governo para não atentar contra a concorrência desleal”, disse Joaquim Tandala no decurso do fórum empresarial “Angola Business Week” que decorreu em Luanda.

A importação de bebidas custa anualmente a Angola cerca de 400 milhões de dólares, sendo mais de metade deste montante representado por exportações portuguesas.

O governo de Angola fixou em Janeiro uma quota geral de importação para 2015 em termos de águas (150 mil hectolitros), refrigerantes (200 mil), cervejas (400 mil) e sumos (200 mil), medida que tem vindo a merecer a preocupação das empresas portuguesas de bebidas, sobretudo as cervejeiras.

O objectivo do governo angolano passa por acelerar a diversificação da economia, dependente das exportações de petróleo e agora a enfrentar uma crise financeira face à quebra na cotação internacional do barril de petróleo.

“A Associação das Indústrias de Bebidas de Angola está satisfeita com as quotas porque vão rentabilizar a nossa capacidade instalada”, rematou Joaquim Tandala, citado pelo Jornal de Angola.

Fonte: Macauhub

COMENTÁRIOS