contact@aopi.org Friday - December 14,2018

Legado Económico de Mandela


Legado Económico de Mandela

No programa falou-se sobre o legado económico de Mandela e sua importância para economia de Angola. Nelson Mandela criou as bases que fizeram a economia Sul Africana triplicar o seu rendimento.  Até agora está provado que o seu modelo foi capaz de gerar crescimento económico suficiente para elevar a África do Sul ao palco dos países emergentes conhecidos como os BRICS (em 2010).  

Madiba cultivou e até certo ponto colheu a estabilidade política necessária para o tal desenvolvimento económico da seguinte forma:

a) promovendo políticas de reconstrução e programas de desenvolvimento que reduziram a pobreza de mais de 16 milhões de sul africanos;

b) introduzindo políticas redução e erradicação da descriminação racial (aumentando assim a produtividade económica do país); e

c) Visualizando a emancipação económica da raça negra e baixar o índice de desigualdade social (exemplo de sucesso: $10bn Investimento Estrangeiro em 3 anos);

Contudo, críticas alegam que o sucesso de Mandela foi limitado, surgem dúvidas sobre o legado de Mandela, principalmente no que toca a distribuição de riquezas na África do Sul de hoje. Há gritos e sopros sobre má gestão do património público, na esfera empresarial, bem como nos sindicatos de trabalhadores.  

O programa Ritmo Económico foi apresentado pelo radialista Aires Francisco, que teve como convidado o já conhecido Hirondino Garcia, líder da Prestígio - Liga dos Jovens Empresários de Angola.

 

COMENTÁRIOS